Espera!

A espera é um sentimento natural do ser humano. Talvez até mais natural  que a  morte. Afinal,  esperamos por ela também. Alguns apressadinhos não se aguentam  e acabam pegando ela no meio do caminho, e o que é pior, sem nem se perguntar o que teria durante a caminhada. No começo de tudo esperamos para nascer, depois para aprender a viver com dignidade, depois para ler, escrever, calcular,  dobrar guardanapos e conviver de maneira agradável (somos perfeitos, então é assim que deve ser, não?). Depois esperamos nossos pais nos aceitarem como somos, depois esperamos pelo primeiro amor, e, quando percebemos que não era o que esperávamos, esperamos que a dor de cotovelo passe. E então esperamos ter idade para poder enlouquecer, para não sofrer mais bulling no colégio, para poder ter liberdade, para entrar na faculdade.

Depois esperamos nos formar, para ter aquele emprego,  nos casar, ter filhos….e então começa tudo novamente. Toda aquela espera… E eu, esperando uma ideia genial para acabar esse texto, me vejo pulando etapas e perdendo toda a graça da caminhada. Melhor deixar ele assim mesmo, incompleto, como as pessoas também são! Vive-se esperando e perde-se a vida. Não perderei esse texto.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s